domingo, 28 de outubro de 2012

Dona Christine e Dona Eleonora de Orleans e Bragança: Damas da Ordem de Santa Isabel de Portugal


A Rainha Santa Isabel, por sua caridade, piedade e amor, foi homenageada com a criação da Ordem que leva seu nome

Sábado, dia 27 de outubro de 2012, na Igreja de Santo António dos Portugueses em Roma, na Itália, a Duquesa de Bragança, Dona Isabel, de jure Rainha de Portugal, conferiu a Ordem Real de Santa Isabel à Damas da Realeza e da Nobreza, como forma de reconhecimento ao trabalho filantrópico por elas realizado.  
 
A insígnia da Ordem de Santa de Portugal: medalhão encimado pela Coroa Real, ornado com rosas de ouro e ao centro com a figura de Santa Isabel de Portugal dando esmola a um mendigo, sobrepujando a legenda em latim Pauperum Solatio.
 
A insígnia com banda de cor de rosa com lista branca no centro 

A Ordem, criada em 1801, pelo então Príncipe Regente Dom João de Portugal, futuro Rei Dom João VI, foi entregue sob a responsabilidade do Grão-Mestrado de Dona Carlota Joaquina em uma homenagem a Rainha Santa Isabel de Portugal. Desde então muitas Senhoras, ligadas a Nobreza de Portugal, e Rainhas estrangeiras foram agraciadas pela Ordem, podendo-se atingir a quantia de 26 Damas. Com a proclamação da república em Portugal, o governo provisório extinguiu a Ordem. Mesmo no exílio, a Princesa Dona Augusta Victória, esposa do Príncipe Dom Manuel II, utilizava a insígnia da Ordem. Em 1986, Dom Duarte, Duque de Bragança, de jure Rei de Portugal, restabeleceu a Ordem em Portugal, tendo como 9º Grã-Mestra a Duquesa Dona Isabel de Bragança, sendo hoje uma Ordem honorífica dinástica.  

As homenageadas foram a Princesa Dona Christine de Orleans e Bragança, do Brasil, a Princesa Dona Eleonora de Ligne (nascida Princesa de Orleans e Bragança), Princesa Titular de Ligne, a Grão-Duquesa Maria Teresa de Luxemburgo, a Princesa Margaretha de Liechtenstein e a Princesa Herdeira Margarita da Romênia. 

As novas Damas da Ordem de Santa Isabel de Portugal: da esquerda para direita, Princesa Margarita da Romênia (2ª na fila), a Grã-Mestra Dona Isabel - Duquesa de Bragança, a Grã-Duquesa Maria Teresa do Luxemburgo, a Princesa Dona Christine de Orleans e Bragança, a Princesa Dona Eleonora de Orleans e Bragança - Princesa Titular de Ligne e a Princesa Margaretha de Liechtenstein
Foto: Blog do Príncipe Radu da Romênia 

As novas Damas da Ordem de Santa Isabel de Portugal acompanhadas pelos maridos e demais convidados
Foto: Blog do Príncipe Radu da Romênia


Os Príncipes Dom Antonio de Orleans e Bragança, o Príncipe Michel de Ligne, irmão e cunhado respectivamente do Chefe da Casa Imperial do Brasil, S.A.I.R. o Príncipe Dom Luiz, o Grão-Duque Henri de Luxemburgo, o Príncipe Jean da França – Duque de Vendôme, o Príncipe Nicholas de Liechtenstein e autoridades também estiveram presentes a prestigiosa cerimônia, que foi seguida de almoço na Embaixada de Portugal.   

Além de Dona Christine e Dona Eleonora, Princesas do Brasil, a Imperatriz Dona Teresa Cristina, a Princesa Dona Leopoldina (Duquesa de Saxe por casamento), a Princesa Dona Isabel, a Redentora e a Princesa Dona Maria (de jure Imperatriz do Brasil) foram Damas da Ordem de Santa Isabel de Portugal, já a Rainha Dona Maria II de Portugal, nascida Princesa brasileira, e a Imperatriz Dona Amélia do Brasil, na qualidade de Rainha de Portugal, também foram Grã-Mestras da Ordem. 

Batizado da Princesa Isabelle de Orleans


Foi batizada no dia 21 de outubro de 2012, em Portugal, a Princesa Isabelle, filha da Duquesa Diana de Cadaval e do Príncipe Charles-Philippe de Orleans, Duque de Anjou. 
 
Príncipe Michel d'Orléans, Príncipe Filipe da Espanha, Princesa Béatrice d'Orléans, Condessa Claudine de Cadaval, Duquesa Diana de Cadaval, Princesa Dora de Loewenstein e Príncipe Charles-Philippe d'Orléans
Foto: Divulgação
 

Homônima da Redentora Princesa Dona Isabel do Brasil, sua trisavó, e da Princesa Dona Isabel de Orleans e Bragança, Condessa de Paris e de jure Rainha da França, sua bisavó, a pequena Princesa, de oito meses, teve como padrinho o Príncipe Filipe da Espanha, Príncipe das Astúrias e Herdeiro do Trono espanhol, e como madrinha a Princesa Dora de Loewenstein.

Notadamente a madrinha, Princesa Dora (Theodora) de Loewenstein, é tetraneta de Dona Isabel Maria de Alcântara Brasileira, Duquesa de Goiás (1824-1898), filha ilegítima do Imperador D. Pedro I do Brasil.
A cerimônia ocorreu na Igreja de Lóis, pertencente ao Palácio dos Duques de Cadaval. Presentes os avôs paternos, o Príncipe Michel e a Princesa Béatrice de Orleans, Conde e Condessa de Evreux, e a avó materna, a Condessa Claudine de Cadaval. Depois do sacramento, os pais receberam a imprensa, seguindo, com os padrinhos e cerca de 30 convidados, para um almoço no Palácio.

domingo, 21 de outubro de 2012

Destaque: Dom Antonio e Dona Christine de Orleans e Bragança e os Príncipes de Ligne no casamento do Grão-Duque Herdeiro Guillaume do Luxemburgo com a Condessa Stéphanie de Lannoy

O destaque de hoje vai para a representação da Casa Imperial do Brasil no casamento do Grão-Duque Herdeiro Guillaume do Luxemburgo com a Condessa Stéphanie de Lannoy: o Príncipe Dom Antonio e a Princesa Dona Christine de Orleans e Bragança. Presentes também o cunhado e a irmã do Chefe da Casa Imperial do Brasil - Dom Luiz de Orleans e Bragança, o 13º Príncipe Titular de Ligne, o Príncipe Michel e a Princesa Dona Eleonora.
 
Os Príncipes foram prestigiar os parentes, a Família Grão-Ducal do Luxemburgo
 
O Príncipe Michel e a Princesa Dona Eleonora, nascida Princesa de Orleans e Bragança, Príncipes Titulares de Ligne. O Príncipe Michel (irmão de Dona Christine) é primo irmão do pai do noivo e padrinho de batismo da Princesa Alexandra, irmã do Grão-Duque Herdeiro Guillaume de Luxemburgo

Casamento do Grão-Duque Herdeiro Guillaume de Luxemburgo com a Condessa Stéphanie de Lannoy

 

No dia 20 de outubro de 2012, teve lugar na Igreja Nossa Senhora de Luxemburgo, às 11 horas daquele país, o casamento do Grão-Duque Herdeiro Guillaume de Luxemburgo com a Condessa Stéphanie de Lannoy.
 
 
O JANTAR DE GALA 
Na noite de sexta-feira, 19 de outubro de 2012, o Grão-Duque Henri e a Grão-Duquesa Maria Teresa ofereceram no Palácio Grão-Ducal, o tradicional jantar de gala que antecede os grandes casamentos Reais, Imperais e Principescos, ocasião em que toda a Realeza pode estar presente para confraternizar nesta grande reunião de Família.
 
Os Reis da Bélgica

A Rainha Fabiola da Bélgica
 
A Princesa Lalla Salma du Marrocos
 
Os Príncipes Herdeiros da Bélgica
 
O Rei Constantino e a Rainha Ana Maria da Grécia
 
O Rei Harald e a Rainha Sonja da Noruega
 
O Príncipe Kirill da Bulgária, Príncipe de Preslav e a Princesa Mirima, Ptincesa de Tirnovo
 
O Príncepe Laurent e a Princesa Claire da Bélgica
 
O Arquiduque Carl Christian de Habsburgo-Lorena e sua esposa Princesa Marie Astrid de Luxemburgo 
 
O Príncipe Paul e a Princesa Marie Chantal de Grécia
 
A Princesa Martha Louise de Noruega
 
O Príncipe Emanuele Filiberto e a Princesa Clotilde de Savóia
 
Os Príncipes Louis, Félix t Sébastien de Luxemburgo
 
A Princesa Astrid da Bélgica e Arquiduque Lorenz da Áustria-Este
 
A Princesa  Herdeira Margarita e o Príncipe Radu da Romênia
 
O spRíncipes Herdeiros Haakon  e Mette-Marit da Noruega
 
Os Príncipes Herdeiros Willem-Alexander e Maxima da Holanda
 
A Rainha Sonja da Noruega
 
O Príncipe Hassan e a Princesa Sarvath da Jordania
 
 A Princesa de Hannover
 
A Princesa Margaretha de Luxemburgo e seu marido, o Príncipe Nicolas de Liechtenstein
 
O Rei Simeão II  e a Rainha Margaretha da Bulgária 
 
O Príncipe Alexandre e a Princesa Katherine da Sérvia
 
O Príncipe Guillaume e a Princesa Sibilla de Luxemburgo
 
A Princesa Marie Astrid de Luxembourg
 
 
 
 
O CASAMENTO GRÃO-DUCAL
No sábado, comparecem ao casamento Grão-Ducal mais de 800 convidados, entre membros da Realeza de todo mundo, membros do governo luxemburguês, corpo diplomático e amigos da Família. Presentes os Reis da Noruega e da Bélgica com os respectivos Príncipes Herdeiros, a Rainha da Dinamarca e seu Consorte – acompanhados pelos Príncipes Herdeiros, a Rainha da Suécia e a Princesa Herdeira com seu Consorte, a Rainha da Holanda acompanhada dos Príncipes Herdeiros, os Príncipes Soberanos de Liechtenstein, a Princesa de Hannover – representando o Príncipe de Mônaco, o Príncipe Herdeiro do Japão, os Príncipes das Astúrias – representando os Reis da Espanha, os Reis de direito da Grécia e da Bulgária, além do Chefe da Casa Real de Portugal e da França, bem como da representação da Casa Imperial do Brasil, pelo Príncipe Dom Antonio de Orleans e Bragança e o Herdeiro do Trono da Alemanha e da Prússia.
 
 
 
 




O Grão-Duque João de Luxemburgo, a Rainha Fabiola da Bélgica e a Princesa Alix de Ligne, mãe da Princesa Dona Christine de Orleans e Bragança e sogra da Princesa Dona Eleonora de Orleans e Bragança



 
Composição em memória a Condessa Alix de Lannoy, mãe da noiva, falecida em 2012

 



 

 

 




 
Dona Christine de Orleans e Bragança, nascida Princesa de Ligne, é filha da Princesa Alix, nascida Princesa de Luxemburgo, sendo, portanto prima irmã do atual Grão-Duque do Luxemburgo. Dona Christine além de ser prima do noivo, também compartilha com a Condessa Stéphanie, o 10.º Príncipe de Ligne, Ernest Henri, como antepassado.



___________

Fotos: www.ppe-agency.com, Getty images e Cour Grand-Ducale du Luxembourg.

ATENÇÃO


Em caso de cópia do material exposto: considerando a lei 9610/98, o plágio é crime. As obras literárias e fotográficas existentes neste espaço são de uso exclusivo do Blog Monarquia Já. Ao copiar qualquer artigo, texto, fotografia ou assemelhado, o Blog Monarquia Já deve, obrigatoriamente, ser citado.

Contador de visitas mundial


contador gratis

Contador de visitas diárias


contador gratis

  © Blogger template 'Isfahan' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP