terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Eleita nova diretoria do Círculo Monárquico do Rio de Janeiro


O Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, "Dom Luiz de Orleans e Bragança, o Príncipe Perfeito", acaba de eleger nova diretoria que conta com grandes nomes do Movimento Monárquico Brasileiro. 

Foi eleito para o cargo de Chanceler, o médico Dr. Bruno Hellmuth, destacado monarquista, que assumiu desde sua posse o compromisso com a juventude e o estreitamento dos contatos com monarquistas dos diversos Estados, além do fomento à criação de órgãos congeneres em todo o Brasil. Dona Maria Cecilia Pires Albuquerque Penna, membro de uma das famílias mais tradicionais do Brasil, foi eleita 1ª vice Chanceler, seguida do Dr. Charles van Hombeeck Junior, grande monarquista carioca. 

Confira o discurso de posse de Dr. Bruno Hellmuth:
“Prezados Monarquistas do Rio de Janeiro
Ao mesmo tempo que me sinto muitíssimo honrado por ter sido escolhido pelos correligionários mais atuantes desta cidade para ocupar o cargo mais alto do Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, preocupa-me a enorme responsabilidade de suceder a chanceleres que prestaram inestimáveis serviços à nossa Causa, como o Prof. Otto A. de Sá Pereira, Ohannes Kabderian e Carlos Eduardo Artagão. 
Vejo-me agora imbuído da difícil missão de encabeçar a mais antiga organização monarquista fundada após a promulgação da Constituição de 1988, cujo foco sempre foi e continuará sendo a luta determinada pela Restauração da Monarquia Constitucional Parlamentar no Brasil,  com total lealdade à Casa Imperial atualmente sob a Chefia de Sua Alteza Imperial e Real Dom Luiz Gastão de Orleans e Bragança. 
A seguir apresento os cinco principais pontos do programa de trabalho elaborado para o próximo biênio. 
1 - Trabalhar para o crescimento continuado do CMRJ em número de sócios e simpatizantes, com ênfase na atração do público mais jovem.  A principal ferramenta para este propósito será a página na Internet, a ser reativada a curto prazo, juntamente com uma atuação constante nas mídias sociais (p.ex. Facebook).
2 - Dar continuidade rigorosamente à programação iniciada em 2013, de realizar com o maior brilho possível as comemorações das três datas históricas escolhidas - 13 de maio, 7 de setembro e 2 de dezembro - objetivando a atenção do grande público para a opção Monárquica, além de contribuir para a visibilidade dos nossos Príncipes. 
3 - Manter contatos frequentes com os políticos que apoiamos nas eleições de outubro - e que se elegeram - solicitando a liberação de espaços físicos e a participação nas comemorações acima referidas,  além de sua atuação como legítimos representantes dos monarquistas nos legislativos municipal, estadual e federal.
4 - Desenvolver a sistemática de arrecadação de contribuições para a formação de fundo de caixa necessário para as despesas com os eventos.
5 - Desenvolver o relacionamento do CMRJ com os monarquistas residentes em outros municípios do Estado, estimulando a formação de Círculos onde estes ainda não estejam formalizados.
Mãos à obra.
Peço a Deus que ilumine os trabalhos desta Diretoria.”

A Direção do Círculo Monárquico do Rio de Janeiro atualmente conta com os seguintes nomes: 

Chanceler – Bruno Hellmuth, brasileiro, casado, médico.

1ª Vice Chanceler – Maria Cecilia Pires e Albuquerque Penna, brasileira, casada, jornalista. 

2º Vice Chanceler –  Charles van Hombeeck Junior, brasileiro, casado, procurador de justiça.

Secretário Geral  – Leandro de Jesus Barreira Pereira, brasileiro, solteiro, professor.

1º Secretário Adjunto – Paulo Cajueiro Roberto Alves, brasileiro, casado, médico.

2º Secretário Adjunto – Penhair Bettencourt Bernardone Zimma Carloti, brasileira, solteira, relações públicas.

Diretor Financeiro – José Luciano Cavalcanti de Albuquerque, brasileiro, solteiro, arquiteto.

Diretor Financeiro Adjunto – Tarcísio Collyer Ferreira Lima, brasileiro, casado, engenheiro.

Diretor Cultural- Gutemberg Santana de Castro, brasileiro, casado, militar.

Diretor Social - Ohannes Kabderian Júnior, brasileiro, solteiro, economista. 

Diretor Social Adjunto – Gilma Benigno, brasileira, casada, profissão Empresária.

Diretora de Comunicação - Maria Cecilia Pires e Albuquerque Penna, brasileira, casada, jornalista.

Diretor Jurídico - vago

Uma das primeiras medidas tomadas pela nova direção, foi restabelecer o blog do CMRJ, que pode ser acessado em http://circulomonarquicoriojaneiro.blogspot.com.br/


LEITOR DO RIO DE JANEIRO

Entre em contato com o Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, cadastre-se e participe ativamente da restauração da dignidade nacional.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Santa Missa Solene de Requiem pela alma do Rei Luís XVI da França

Vítimas dos ideais revolucionários, o Rei Luís XVI e a Rainha Maria Antonieta foram brutalmente guilhotinados em 1793, durante a revolução francesa. Esta macabra fase da história da França, conhecida em boa parte como "fase do terror", ensanguentou a capital e produziu milhares de cadáveres que eram expostos e depois enterrados. Mais de 1.300 pessoas foram decapitadas pelos revolucionários, que sem o apoio popular, tiveram que perambular por toda Paris, em busca de local menos hostil para a carnificina. Lá morreram políticos, religiosos, camponeses. Aqueles que supostamente lutavam pelos "direitos do homem e do cidadão" , esqueceram do primeiro deles: o direito a vida, encapando a primeira edição deste documento com pele humana. Depois da morte do Rei Luís XVI e a quase extinção da Família Real, símbolo maior da soberania e da nacionalidade francesa, o país amargou a desordem e o caos absoluto.

Piedoso, em seu testamento, Luís XVI destacou: "eu perdoo, de todo meu coração, àqueles que foram meus inimigos, mesmo àqueles com quem não tive nenhum contato, e oro para que Deus possa perdoá-los".  


Clique para ampliar 



Em sufrágio da alma do Rei, Monsenhor Gilles Wach, Superior Geral do Instituto Cristo Rei e Sumo Sacerdote, celebra Missa Solene em 21 de janeiro, às 19h, na Igreja do Convento de Santa Ana, em Boitsfort, Bélgica. Durante a celebração será executada a "Missa do Mortos", de Marc-Antoine Charpentier, e posteriormente haverá uma recepção. A presença de S.A., o Duque Paul de Oldenburg é aguardada.    

__________

Lecteurs belgiques peuvent 
assister à l'adresse et 
horaire dans l'invitation. 
__________

ATENÇÃO


Em caso de cópia do material exposto: considerando a lei 9610/98, o plágio é crime. As obras literárias e fotográficas existentes neste espaço são de uso exclusivo do Blog Monarquia Já. Ao copiar qualquer artigo, texto, fotografia ou assemelhado, o Blog Monarquia Já deve, obrigatoriamente, ser citado.

Contador de visitas mundial


contador gratis

Contador de visitas diárias


contador gratis

  © Blogger template 'Isfahan' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP