sábado, 28 de março de 2015

Participe: Museu Imperial comemora 75 anos no próximo dia 29 de março

Por: Museu Imperial em http://www.museuimperial.gov.br/14-news-pt/news-releases/5370-2015-03-23-17-49-22.html

Museu Imperial comemora 75 anos no próximo dia 29 de março

No dia 29 de março o Museu Imperial completará 75 anos e, na ocasião, a partir das 10 horas, haverá uma programação cultural intensa para comemorar essa data tão significativa, além de entrada gratuita a todos os visitantes.

altCom tiragem de 3000 exemplares, será lançado o 4º almanaque do Projeto Petrópolis. A publicação terá como tema “Memórias da educação em Petrópolis” cujo principal objetivo é apresentar aos alunos e professores os usos do Palácio Imperial após a partida do imperador d. Pedro II e sua família para o exílio na Europa.

Também programada para ser destaque no aniversário do Museu será a inauguração da Galeria Petrópolis, recém reformada, onde serão expostas obras que evidenciam a beleza da cidade imperial. Neste espaço poderão ser apreciadas obras de Augusto Duarte, Friedrich Hagedorn, Nicolau Facchinetti e Franz Keller, todos vindos diretamente da Coleção Geyer.

Ainda para os amantes das artes, o museu apresentará ao público os dois objetos adquiridos pelo Museu Imperial no final de 2014: o kit higiênico que pertenceu a D. Pedro II e, mais tarde, a seu neto, o príncipe d. Augusto Leopoldo de Saxe-Coburgo, segundo filho da princesa d. Leopoldina; e um óleo sobre tela, retrato equestre do príncipe Regente d. João, adquirido pela Sociedade de Amigos do Museu e posteriormente doado ao Museu Imperial.

Na ocasião também haverá apresentação do Coro Dó Ré Mi, do Projeto Canta Petrópolis, no Saguão do Palácio e, lançamento do novo portal do Museu, no Pátio Lacombe.

Palácio Imperial de Petrópolis
Foto: MIP


PARTICIPE

Dia 29/03, domingo, a partir das 10h, na Rua da Imperatriz, 220 / Centro - Petrópolis - Rio de Janeiro.

domingo, 22 de março de 2015

Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburgo e Bragança concede entrevista ao Jornal Leopoldinense

No início de março, Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburgo e Bragança concedeu entrevista ao Jornal Leopoldinense, na coluna "Ponto & Vírgula", sobre a doação do quadro da Princesa Dona Leopoldina que fez àquela cidade mineira.

Jornal Leopoldinense, coluna "Ponto & Vírgula", 1º de março de 2015


Conforme o mesmo jornal, a doação foi feita em novembro de 2014. A cidade recebeu este nome em homenagem a bisavó de Dom Carlos, a Princesa Dona Leopoldina, segunda filha do Imperador Dom Pedro I.

Leia a notícia, de 15/11/2014, sobre a doação: Cidade recebe quadro com fotografia oficial da Princesa Leopoldina.


Nota do Blog Monarquia Já:

Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburgo e Bragança é brasileiro e renunciou a seu título de Barão, herdado da Casa de Thurn und Taxis, para permanecer na linha de sucessão ao Trono do Brasil.

sábado, 14 de março de 2015

Comunicado do Secretariado da Casa Imperial do Brasil: sobre as manifestações e apreensões dos brasileiros


Comunicado do Secretariado da Casa Imperial do Brasil

O País atravessa uma grave crise política, econômica e, sobretudo, moral, a qual se precipitou nas últimas semanas com implicações e desdobramentos ainda difíceis de prever.

Tal crise, além de acarretar um grande desprestígio às instituições, é, a uma vez, causadora e consequência de um grave descontentamento que se alastrou, de norte a sul, por toda a sociedade brasileira.

A esquerda, em seu afã de consolidar um projeto de poder, cada vez mais coletivista e autoritário, incrustou-se em todos os escaninhos do Estado e o aparelhou de modo implacável, sugando-lhe as energias e fazendo eclodir um dos maiores escândalos de corrupção de todos os tempos, o qual, entretanto, ainda faz prever escândalos maiores.

Na ânsia de impor ao País uma agenda ideológica, essa mesma esquerda afrontou o sentir do brasileiro médio, que almeja um Brasil em ascensão, em legítima continuidade com seu passado. E, cada vez mais, um sentimento de inconformidade e de apreensão foi-se disseminando nas camadas mais profundas da população. A esquerda perdeu a batalha da popularidade.

Agora anunciam-se, por todo o Brasil, manifestações que, dentro do quadro de liberdades de um regime democrático, pretendem legitimamente externar esse imenso descontentamento. É natural que entre esses brasileiros estejam muitos monarquistas, que veem na presente crise um dos sintomas da inautenticidade do regime republicano, o qual, em pouco mais de um século de existência, trouxe à nossa vida pública turbulências e incertezas sem fim.

Temos por certo que Nossa Senhora Aparecida, a quem Dom Pedro I consagrou, como Padroeira, nosso País, há de socorrê-lo em mais esta hora de incertezas e o fará retornar às vias históricas das quais jamais se deveria ter distanciado.

São Paulo, 13 de março de 2015.

ATENÇÃO


Em caso de cópia do material exposto: considerando a lei 9610/98, o plágio é crime. As obras literárias e fotográficas existentes neste espaço são de uso exclusivo do Blog Monarquia Já. Ao copiar qualquer artigo, texto, fotografia ou assemelhado, o Blog Monarquia Já deve, obrigatoriamente, ser citado.

Contador de visitas mundial


contador gratis

Contador de visitas diárias


contador gratis

  © Blogger template 'Isfahan' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP